Mix de Notícias com Élvia Moraes – 13/09/2017

Com pouco mais de uma semana de funcionamento, o Hospital Regional tem atendido em média 17 pacientes por dia. O que segundo o Secretário de Saúde do Município, Iraci Neto está contribuindo para desafogar as unidades de pronto atendimento. O próximo passo, segundo o secretário, é estruturar a clínica cirúrgica.
A Gripe A causada pelo vírus influenza atingiu este ano em todo o Estado, duzentas e cinquenta pessoas. Último Boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde a revelou que 42 pessoas morreram vítimas da doença em diversas regiões de Minas.
Das cidades do Triângulo, Uberlândia e Ituiutaba registraram óbitos causados pela Gripe A. As vítimas têm idades entre 47 e 85 anos.
Além do horário de verão, o governo federal está apostando na Tarifa Branca para tentar reduzir o consumo de energia no país. A nova tarifa que deve entrar em vigor em janeiro de 2018 leva conta o horário do consumo para definir o preço a ser cobrado do consumidor.
Na prática, os clientes que mudarem o horário de maior consumo de energia da noite para o dia poderão pagar uma conta de luz mais barata. A expectativa da Aneel, a Agência Nacional de Energia Elétrica é reduzir entre dez e vinte por cento.
Atualmente, o consumidor paga o mesmo valor pela energia em qualquer horário. Com a tarifa branca, a energia fica mais cara durante três horas em que o sistema é mais demandado ou seja, nos dias de semana, entre seis da tarde e nove da noite. O custo será intermediário  Uma hora antes e uma hora depois do horário de pico.
Antes de migrar para a tarifa branca, o consumidor deve analisar se consegue efetivamente se adequar ao sistema. Caso seja difícil mudar o horário do banho para o dia ou para a madrugada, será mais barato permanecer no regime atual. A mudança é opcional.
Compartilhar: