Mix de Notícias com Élvia Moraes – 07/11/2017

Ação criminosa bem planejada, tiroteio e exageros nas redes sociais geraram o caos em Uberaba na madrugada de ontem

O WhatsApp bombou na madrugada. Eram vídeos, fotos e áudios com todo tipo de informação. O vídeo do tiroteio viralizou na internet.
Alguns fizeram questão de filmar nas ruas a ousadia da quadrilha.
O medo aumentava quando o alerta vinha de autoridades policiais.
Com o excesso de ligações, o 190 da Polícia Militar ficou incomunicável. O Bairro Boa Vista e parte da região central ficaram sem energia elétrica devido ao estouro dos transformadores metralhados pela quadrilha. Os serviços de telefonia móvel e celular também foram prejudicados.
Sem transporte coletivo até quase sete horas da manhã e sem aulas nas escolas do Estado e Município Uberaba viveu o caos. O assalto bem planejado repercutiu na mídia nacional e gerou críticas para a fragilidade dos equipamentos utilizados pela polícia. A análise é do Secretário de Defesa Social, Wellington Cardoso Ramos.

Prefeitura acompanhou de forma técnica a ação das forças de segurança ontem durante todo dia

Ontem durante todo o dia, a Prefeitura de Uberaba acompanhou de forma técnica todos os desdobramentos do assalto a Rodoban. A ação criminosa resultou na suspensão de aulas na rede pública e na circulação do transporte coletivo.
O Capitão Roberto Alves de Oliveira é Secretário Municipal do Conselho de Segurança Pública e diz como orientou os secretários.
Capitão Roberto evitou comentar o desencontro de informações entre as forças de segurança durante e depois da ação criminosa.

Prefeito cobra do governador ações sobre a ação criminosa em Uberaba

Prefeito Paulo Piau e parte de sua equipe começaram a se movimentar pouco depois das três da madrugada quando cessou o tiroteio. E no início da manhã, a primeira ação foi ligar para o governador Fernando Pimentel pedindo ações de segurança pública.
Até o fechamento desta reportagem, o governador Fernando Pimentel ainda não havia retornado à ligação do Prefeito Paulo Piau.

Compartilhar: